Viola Davis vai produzir adaptação de 'O beijo no asfalto', de Nelson Rodrigues

Compartilhar :  

Postado em: 09 / 08 / 2019 [01:09 am]

 
"O beijo no asfalto", peça de Nelson Rodrigues, vai ganhar adaptação e uma das responsáveis pelo projeto é a atriz e produtora Viola Davis.
 
"Estamos muito empolgados com a parceria com a Productions Wise por trazer a inovadora peça do dramaturgo brasileiro Nelson Rodrigues, 'O Beijo no Asfalto', para a vida", escreveu Viola em seu Twitter.
 
Viola comanda a JuVee Productions ao lado de seu marido, Julius Tennon. E a produtora será a responsável pelo projeto em parceria com a Wise Entertainment, empresa que tem Mauricio Mota, neto de Nelson Rodrigues, como um dos fundadores.
 
“O beijo no asfalto” é uma das peças mais conhecidas de Nelson Rodrigues. Publicada em 1960, ela conta a história do jovem Arandir, que vai em socorro de um homem que está morrendo em uma praça lotada no Rio de Janeiro. Arandir atende o último pedido do homem -- um beijo -- em um ato de gentileza e misericórdia, causando um frenesi e mudando a vida do protagonista e de toda sua família para sempre.
 
Ao site Deadline, Sonia Rodrigues, filha de Nelson Rodrigues, celebrou a parceria. “Como filha e administradora de seu legado, é um prazer saber que os premiados produtores Viola Davis e Julius Tennon foram os escolhidos para trabalhar com o maior autor dramático do Brasil”.
 
Segundo a publicação, os produtores estão planejando temporadas da peça em Los Angeles e Broadway. Eles também estão em busca de diretores e escritores para levarem a obra para a TV e cinemas.
 
“Quando Mauricio e Katie conversaram comigo sobre essa colaboração especial com a obra de seu avô, fiquei emocionado. Temos objetivos semelhantes e nossas vozes coletivas ressoam no espírito do tempo e em todo o mundo no que se refere à narração narrativa dos negros”, afirmou Julius Tennon. "Compartilhei isso com Viola e ela está tão empolgada quanto eu. Então, nós, coletivamente como equipe, estamos avançando e oferecendo o melhor que é Nelson Rodrigues”.
 
Fonte: G1